Imágenes de páginas
PDF
EPUB

REGENCIA DO PRINCIPE O SENHOR D. JOÃO

Termo de ratificação de juramento de fidelidade, que faz o Sar Dessai

Laibá Rane, da provincia de Sanquelim

(Arch. do Gor. da India. - Liv. 3.o de Pazes, fl. 36. Texlo maratha, 11. 38.)

1813 Maio 25

Anno do nascimento de Nosso Senhor Jesus Christo de 1813, aos 23 de Maio do dito anno, em Pangim, no palacio da residencia do Ill.mo e Ex.mo Sr. Conde de Sarzedas, do

e Conselho de Estado, Vice-Rei e Capitão General de mar e terra do Estado da India, estando o dito Ex.mo Sr. debaixo do docel na sala de audiencia, se apresentou ao mesmo Senhor o Sar Dessai Zaibá Rane, vindo de Zambotim, aonde se achava ausente, e disse que em virtude do perdão e seguro, que lhe foi concedido para se recolher ao Magestoso Estado, verdadeiramente arrependido, queria ratificar o juramento de fidelidade prestado em 17 do mez de Dezembro de 1797 e em 19 de Maio de 1809, promettendo cumprir e guardar fielmente por si, por todos os seus dependentes e pela sua descendencia, todas as obrigações de leal vassallo de Sua Alteza Real, o que fazia com o maior juramento do seu rito, que he o de pôr as suas mãos na sua espada, como o fez com effeito ao tempo de se pronunciarem estas palavras, sob pena de que a mesma sua espada se tornaria contra elle a qualquer tempo que faltasse ao promettido e ratificado, o que desejava que Deus não permittisse; porque sua tenção e firme vontade era de cumprir sempre inviolavel e pontualinente tudo o que assim promettia e ratificava com o dito juramento. E logo o dito Ill.mo e Ex.mo Sr. Conde Vice-Rei houve por bem de o receber benignamente na protecção de Sna Alteza Real, admittindo a elle, aos seus dependentes, com as suas familias, e sua descendencia a lograrem o foro de vassallos da Coroa de Portugal, observando elle o jura

[ocr errors]

1813 Maio 25

mento e fidelidade, que ratificava; de que para perpetuo testemunho se fez este auto, em que assignou o sobredito Ill.mo e Ex.mo Sr. Conde Vice-Rei, e assignou tambem o dito Sar Dessai. E eu Martinho Xavier, Official da Secretaria do Estado, o escrevi. O Secretario, Diogo Vieira de Tovar e Albuquerque, o fez escrever.- Conde de Sarzedas.— Assignado (maratha) de Zaibá Rane, Sar Dessai de Sanquelim.

E serviu de interprete neste acto o lingua do Estado, Saca Rama Narana Camotim Vaga.

« AnteriorContinuar »